23 de fev de 2012

Amanhã


Sabe, estou triste hoje.
Nada está do jeito que eu queria. Ninguém me parou na rua pra falar "saudades de você" ou "como você está?".Ninguém me pediu nem informação.
Hoje eu mal ouvi minha voz. Hoje eu mal me vi no espelho. Me bateu uma saudade não sei de que.
Tive medo de sair agora a noite. Tive medo de receber mais um não. Tive medo...
Sempre tive alguns sinais que indicavam quando alguma coisa não anda bem. A primeira delas é não querer comer. É uma das coisas que eu adoro fazer, mesmo me vigiando muito pra não extrapolar e contando as horas pra poder malhar e compensar farra. O segundo e mais preocupante é quando bate uma vontade de ouvir todas as músicas da Avril Lavigne... sério sempre tem uma que cai como uma luva pra esses momentos.
Voltando pra casa ainda a noite... só tive a companhia de um cão que vagava pela rua e que acabou me acompanhando por um bom trecho.
Lembrei dos meus sonhos que hoje se modificaram. Dos amores que tive e que nunca deram certo. Das risadas com os amigos. Das bagunças juntos, dos trabalhos de escola. Do tempo em que com 1 real se tomava coca-cola e ainda comia alguma coisa. Do desenho do perna longa que passava de tarde e eu podia assistir depois da aula. Lembrei do quanto me senti importante quando fui a um aniversário sozinho pela primeira vez. Ali eu me senti o garoto maduro. Inocência que não volta mais...mas que foi bacana.
Hoje também lembrei de você, que mal sabe que escrevo pensando em ti. Que está longe mas que todo dia me liga querendo saber como estou. Que me conta um monte de coisa sem noção só pra me manter na linha e responder assim que der. Lembrei que esse mês nós completamos 5 meses juntos... e que até hoje não sei o que sinto por você. Confesso que minha cabeça está um nó só. Onde estão entrelaçados os bons momentos, os almoços estranhos. Os sorrisos sinceros, algumas brigas, coisas do nosso passado e a cama que dividimos. Da qual nunca levantamos ou deitamos sem ao menos trocarmos um único beijo.
Hoje você está longe de mim. E a todo dia eu penso em como seria nossas vidas se nunca tivéssemos nos conhecido. Me sinto ridículo por não reconhecer o que sinto...por não ser tão bom ao mesmo passo que você é por mim. Agora toca "Together", 2ª faixa de "Under my Skin" onde em um de seus trechos me pego pensando se estamos vivendo uma mentira a dois.
Daí eu me pego pensando em como a vida de gente grande é complicada... mas depois toca "Tomorrow" e sinto que assim como na música preciso confiar em você, quando você diz que tudo vai ficar bem. Que amanhã não sei como vou me sentir, nem sei se saberei o que dizer ou fazer, mas que esse mesmo amanhã trás consigo um novo dia. Um dia em que seremos mais humanos, menos cruéis, menos racionais e deixaremos nossos corações falarem por si.
Ainda assim talvez não seja muito tarde...pra que escrevamos um novo dia!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...