1 de out de 2010

Minha política antes de dormir


Bom, é... esse é o nosso Brasil. Lugar em que política complica a cabeça da gente.
Um reality show faz duelo de igual para igual com um debate eleitoral. Não que isso seja totalmente ruim, eleitores devem mesmo comparecer no domingão, assitir as propostas dos caras, votar e eleger (seu novo patrão,uma vez que o mesmo lidera o povo, mas é o povo quem paga a conta e o seu salário também...rsr) os governantes e páhh.
Mas será que o eleitor, com tudo isso que a política apresenta - gente que não transmite confiança, só fala do que o governo atual fez, a saúde que eles acham que o país tem e as árvores que já não nos pertencem mais - numa quinta-feira, ele não pode escolher se despir do papel de eleitor e se divertir livremente pelas variedades da tv?
A tarefa fica ainda mais difícil quando vimos cenas piegas como abraçar criancinhas - remelentas sabemos - para ganhar voto, apelar para o seu círculo social - fazendo com que seus próprios funcionários sejam educadamente induzidos a votar em fulano de tal - sorrisos mais falsos que nota de 7 reais e o famoso "Prometo". Ai, ai...
As cidades abarrotadas de peças publicitárias espalhadas por todos os cantos, jingles virais que são transmitidos por carros de som (sem desconfiômetro) e que infectam nossos ouvidos sem que sejam distribuídos nos hospitais vacinas preventivas ou coisas do tipo.
Nessas horas o que mais fascina é a porção de beijinhos coletivos,abraços a torto e a direita, cumprimentos "extremamente" sinceros em um possível casamento duradouro - de apenas 4 aninhos de pura curtição, e que os próprios noivos [o eleitor e os candidatos] ao menos se veem (mas o contrato nupcial é extenso e inclui o dinheiro público) incrível isso.
Enfim, o verdadeiro circo está em construção, com direito a leão do imposto de renda no picadeiro, micos que mandam banana para a platéia (depois de rir da cara do povo quando são descobertos seus esquemas fraudulentos e saem ilesos por isso), elefantes brancos com paletós melhores que os dos seus amigos ricos e no fim das contas, cuidado amigo eleitor. Escolha bem nessas eleições, pois se o circo está sendo armado, fique atento, o palhaço pode ser você.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...