15 de set de 2008

>>Meu mundo

Vivo num mundo de máscaras
onde a festa de viver agora
não se parece nada comigo.
E a saudade dos velhos tempos aqui ainda mora.

Se eu não reconheço mais pessoas,
se eu não posso mais sair pela noite,
quando tudo o que parecia normal desapareceu.
Como uma lágrima que um dia caiu e hoje
não mais cairá.

Pensava que o amor era
tudo na vida de uma pessoa.
E realmente é, porém a escolha
para a divisão deste sentimento fere e marca
para sempre.

Enquanto a felicidade...
ahh felicidade,
que torna um simples momento
na mais pura lembrança.

Não desejo ser como os outros.
Não quero ser tratado como os outros
Não invejo o "ser" dos outros.
A vida é feita com compensações.
Do que adianta a beleza,
se não há sabedoria?
Ter sucesso se não existe a garantia do amanhã?
Ser popular mesmo que custe
um preço que não se pode pagar?

Felizes são aqueles que aprendem a matemática da vida.
Somar positividade, amizade,compreensão.
Diminuir tristeza, dor e solidão.
Dividir sentimentos, amores e um estender de mãos.
Multiplicar sorrisos, carinhos e felicidade.

Hoje eu fui poeta e
sonhador
Amante e descobridor.
No novo tempo do amanhã
mais amor...
por mim, pelo meu Deus e pelo amor.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...