23 de fev de 2012

Taco Music Collection

A marca  de roupas e acessórios TACO lançou uma nova coleção inspirada na música. Isso mesmo, a música é que dita a moda dessa nova linhagem de roupas. São camisas básicas com estampas bem legais, cores variadas e bons preços também. Vale lembrar que a TACO é uma marca brasileira criada há mais de vinte anos no Rio de Janeiro. Atualmente tornou-se uma franquia e está presente em quase todos os estados do país.









Particularmente eu gosto mesmo de bonés, e olhando um pouco mais das novidades da marca, pude conferir alguns modelos de bonés bem bacanas...




Para quem gostou é só acessar: www.taco.com.br e conferir outros produtos TACO.


Nike Dunk High Premiun QS



Aconteceu ontem o lançamento internacional do GALACTIC PACK, pacote concebido pela NIKE SPORTSWEAR para celebrar a realização do 61º NBA ALL STAR GAME, disputado no final de semana, na cidade de Orlando.
São 3 edições PREMIUM do DUNK HIGH que fazem parte do pack e elas já estão disponíveis em território Brasileiro, em quantidade super limitadas.
Por bem: os tênis já estão disponíveis no site da KINGS, que entrega em todo o território nacional.
Agora, aos interessados, resta correr para garantir um dos pares.









Amanhã


Sabe, estou triste hoje.
Nada está do jeito que eu queria. Ninguém me parou na rua pra falar "saudades de você" ou "como você está?".Ninguém me pediu nem informação.
Hoje eu mal ouvi minha voz. Hoje eu mal me vi no espelho. Me bateu uma saudade não sei de que.
Tive medo de sair agora a noite. Tive medo de receber mais um não. Tive medo...
Sempre tive alguns sinais que indicavam quando alguma coisa não anda bem. A primeira delas é não querer comer. É uma das coisas que eu adoro fazer, mesmo me vigiando muito pra não extrapolar e contando as horas pra poder malhar e compensar farra. O segundo e mais preocupante é quando bate uma vontade de ouvir todas as músicas da Avril Lavigne... sério sempre tem uma que cai como uma luva pra esses momentos.
Voltando pra casa ainda a noite... só tive a companhia de um cão que vagava pela rua e que acabou me acompanhando por um bom trecho.
Lembrei dos meus sonhos que hoje se modificaram. Dos amores que tive e que nunca deram certo. Das risadas com os amigos. Das bagunças juntos, dos trabalhos de escola. Do tempo em que com 1 real se tomava coca-cola e ainda comia alguma coisa. Do desenho do perna longa que passava de tarde e eu podia assistir depois da aula. Lembrei do quanto me senti importante quando fui a um aniversário sozinho pela primeira vez. Ali eu me senti o garoto maduro. Inocência que não volta mais...mas que foi bacana.
Hoje também lembrei de você, que mal sabe que escrevo pensando em ti. Que está longe mas que todo dia me liga querendo saber como estou. Que me conta um monte de coisa sem noção só pra me manter na linha e responder assim que der. Lembrei que esse mês nós completamos 5 meses juntos... e que até hoje não sei o que sinto por você. Confesso que minha cabeça está um nó só. Onde estão entrelaçados os bons momentos, os almoços estranhos. Os sorrisos sinceros, algumas brigas, coisas do nosso passado e a cama que dividimos. Da qual nunca levantamos ou deitamos sem ao menos trocarmos um único beijo.
Hoje você está longe de mim. E a todo dia eu penso em como seria nossas vidas se nunca tivéssemos nos conhecido. Me sinto ridículo por não reconhecer o que sinto...por não ser tão bom ao mesmo passo que você é por mim. Agora toca "Together", 2ª faixa de "Under my Skin" onde em um de seus trechos me pego pensando se estamos vivendo uma mentira a dois.
Daí eu me pego pensando em como a vida de gente grande é complicada... mas depois toca "Tomorrow" e sinto que assim como na música preciso confiar em você, quando você diz que tudo vai ficar bem. Que amanhã não sei como vou me sentir, nem sei se saberei o que dizer ou fazer, mas que esse mesmo amanhã trás consigo um novo dia. Um dia em que seremos mais humanos, menos cruéis, menos racionais e deixaremos nossos corações falarem por si.
Ainda assim talvez não seja muito tarde...pra que escrevamos um novo dia!

Sobre as pessoas


Quem  nunca mudou de humor ao ver uma pequena criança sorrir pra você em um dia onde as coisas não iam bem? Ou se sentiu melhor em ajudar alguém? Que dirá ver um casal de namorados juntos - com todo o melodrama que neles se encontram - andando de mão dadas felizes da vida?
Pessoas...ah pessoas! O que seria do mundo sem elas?
Sempre me peguei observando muito as pessoas, suas reações e composições. É tão bonito ver que elas sempre fazem as mesmas coisas quase todos os dias, incansavelmente por vezes sem nem se darem conta do que fazem. Quantas vezes você toma banho em um ano? Ou toma café todas as manhãs? Sai com os amigos?
Namora? Dança? Quantas e quantas vezes você vai se apaixonar? E quantas outras vai chorar se um dia esse relacionamento acabar? E quantas mais vai levantar a cabeça e tentar novamente?
Pessoas sempre me encantaram. Sejam por suas qualidades. Seus defeitos. Emoções e maneiras de viver a vida. Pelos momentos felizes, como casamentos ou nascimentos de novos pequeninos. Ou simples também  como um pôr-do-sol no fim das tardes, acompanhado de alguém se ama.
A vida me ensina a cada dia que viver é uma arte. Arte feita de altos e baixos. Chegadas e partidas. Coisas a serem entendidas. Ou simplesmente sentidas.
Sempre pensei que "quando eu fosse grande" resolveria meus problemas com objetividade e sorriso no rosto. Me apaixonaria por aquela menina de olhos castanhos, com narizinho de batata e cabelos pretos. A amaria mesmo que ela não me amasse. Meu amor teria o poder de transformar seu coração e me deixar morar dentro do dela. Pensei que muitos amigos me rodeariam. Nunca se esqueceriam de nossa amizade. Acreditava em papai Noel. Desconfiava que o Coelhinho da Páscoa fosse parecido com um senhor baixinho, barrigudo. A cara do meu pai. Mas sempre fui mais esperto do que os dois. Fingia que acreditava que um não era o outro mesmo quando um corria mais rápido do que o outro pra arrancar as orelhas na cabeça e tropeçar no final do corredor dizendo que estava tudo bem.
Criança... tempo bom que não volta mais. Foram bem vividos mas não retornam. O mais próximo que podemos chegar é nunca deixar a alma envelhecer. Mesmo com muitas primaveras de vida, um sorriso vai te transformar em jovem novamente.
Daí você percebe que a menina de nariz de batata cresce também e faz uma cirurgia plástica onde no final ela exibirá para todos o seu nariz arrebitado e novinho em folha. Que seus cabelos tem uma outra cor não definida devido aos vários tratamentos químicos que ela utilizou. Percebe ainda que o seu amor não foi o bastante para satisfazê-la, apareceu outro cara que mexeu com ela. E o seu amor tão grande fica para a próxima que aparecer. Descobre que Papai Noel não existe. É um (cruel) mito. E o coelhinho da Páscoa é outro... na pele de seu pai mas que também nunca se viu realmente. Desconfio que quem inventou essa figura faltou na aula de ciências, pois que tolice...coelhos são mamíferos!
Racional demais essas teorias que derrubam as ilusões das crianças. Mas que não têm mal nenhum em ser contadas pra mim, pra você e possivelmente pros nossos descendentes. Que mal há em fazer uma criança sorrir?
Pessoas...
Confesso que tenho medo sim do que o meu futuro me reserva. A vida mesmo prega cada peça na gente. Nos faz passar por caminhos tortuosos. Nos deixa triste. Nos faz chorar. Mas essa mesma vida nos dá uma página branca a cada dia para ser escrita. Nos faz ter o poder de começar e terminar ciclos. Viver momentos felizes. Amar e ter vontade de sempre querer amar mais e mais...
Voltando às pessoas...
Fascinante ver o que elas podem fazer. Inventos mirabolantes como esse organizador, meio pelo qual você está lendo esse texto, provavelmente ouvindo uma música de fundo e fazendo milhões de outras coisas mais ao mesmo tempo.
Ou mesmo sobre essas letras da música que estás a ouvir... alguém a pensou...provavelmente dedicou a alguém (ou à alguma). Demorou anos de uma carreira pra ficar pronta...tsch!! Complicado mas é verdade!
Ainda que eu falasse todas as línguas, visitasse todos os países e continentes... sempre haverá alguém especial. Do qual eu ainda não vi, mas que faz a diferença na vida de outras pessoas. Pessoas são assim mesmo... tem dons perpetuados por todos os lados. Mas todos únicos...
Pessoas... ah pessoas!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...